ÁGUA PURA

ÁGUA ULTRAPURA se refere a água que foi purificada para especificações altamente rigorosas. Este termo é comumente utilizado na indústria de semicondutores e farmacêutica para enfatizar o fato de que a água é tratada com os mais altos níveis de pureza para todos os tipos de contaminantes, incluindo: compostos orgânicos e inorgânicos; material dissolvido e particulado; volátil e não volátil, reativo e inerte; hidrofílico e hidrofóbico; e gases dissolvidos.

Água destilada

Água destilada é a água obtida por meio da destilação (condensação do vapor de água obtido pela evaporação) de água não pura, e então condensada em outro recipiente. A água destilada, porém, não é uma substância totalmente pura, ou seja, não há a presença de apenas H2O, pois a destilação não evapora todos os sais.

É utilizada em laboratório (em processos que não requeiram extrema pureza) e industrialmente como reagente ou solvente. Também é utilizada em baterias dos automóveis para reduzir a deposição de calcário.

banner-site48.jpg

Água Ultrapura

Como dito anteriormente, água ultrapura é uma água tratada com os mais altos níveis de pureza para todos os tipos de contaminantes, incluindo: compostos orgânicos e inorgânicos; material dissolvido e particulado; volátil e não volátil, reativo e inerte; hidrofílico e hidrofóbico; e gases dissolvidos.

É utilizada nos mais variados setores de pesquisa, indústrias farmacêutica, química e de cosméticos, centros de pesquisas, universidades, laboratórios de prestação de serviços de análises instrumentais, etc. Basicamente, onde existe um laboratório de análise instrumental, existe a necessidade de água ultrapura.

Água Deionizada

Água desmineralizada (ou água deionizada) tem a maioria dos sais minerais removidos, sendo utilizada em diversos processos químicos de baixa complexidade. É utilizada em baterias, radiadores, limpador de para-brisas, ferros de engomar, laboratórios, aquários, fotografia, indústria alimentícia, aparelhos odontológicos, autoclaves, etc.

A desmineralização da água é um processo que remove praticamente a totalidade dos íons presentes em uma amostra de água, podendo ser efetuado através de passagem por vasos de troca iônica, por equipamento de osmose reversa ou processos de evaporação/condensação dos vapores gerados.

Como a desmineralização da água consiste na remoção dos íons nela presentes, o processo é também chamado “deionização”.

O processo de desmineralização de água por resinas de troca iônica é o sistema mais simples e econômico utilizado para purificação de água e, esta tecnologia tem sido a preferida no Brasil, devido à baixa salinidade média das águas brasileiras, pela facilidade operacional, baixo custo de aquisição dos equipamentos, baixo custo operacional e alta taxa de recuperação de água, que pode chegar a 98%.

jovem-tecnologia-feminina-ou-cientista-r